O NASCIMENTO DE VÊNUS

O NASCIMENTO DE VÊNUS
O NASCIMENTO DE VÊNUS do pintor renascentista Sandro Botticelli

PUBLICIDADE

domingo, 22 de novembro de 2015

OS SETE PECADOS CAPITAIS




Os Sete Pecados Mortais e os Novíssimos Pecados do Homem do pintor Hieronymus Bosch





A Igreja Católica considera pecado o comportamento que se desvia da conduta moral estabelecida por ela. Assim o pecado pode assumir a forma de um adultério, de um roubo ou de um assassinato. O ato de pecar pode, muitas vezes, estar no próprio pensamento do ato e não na sua consumação. Assim, se eu penso em como seria bom matar meu vizinho que liga o som ensurdecedor do seu carro às sete de manhã de um domingo, tenho que tomar cuidado porque estou pecando.
Por que sete pecados?
O número sete é um número considerado de grande poder simbólico e místico pelos hebreus. Podemos unir a Santíssima Trindade (Pai, Filho e Espírito Santo) aos Quatro Elementos Básicos (Terra, Água, Fogo e Ar), o imaterial com o material totalizando o número sete. Há várias referências na Bíblia ao número sete como o momento em que Jesus diz a Pedro que devemos perdoar não sete vezes mas 70x7 vezes. No Apocalipse sete anjos romperão os sete selos das sete igrejas. 
São estes os pecados (com seus nomes em latim):
  •  Soberba (superbia) - ou Vaidade ou Orgulho. Esqueça a humildade porque o sujeito que pratica a soberba não cabe em si de tanta arrogância, vaidade e orgulho. Tudo o que ele faz é para que os outros o vejam e o glorifiquem;
  • Avareza (avaritia) - um apego desmedido por dinheiro ou bens materiais. O verbo que este cidadão mais conjuga é o verbo TER. Tem ciúme de suas coisas como se fosse o mais valioso dos tesouros. É capaz de guardar uma roupa que não lhe cabe mais para não ter que se desfazer dela. Não empresta nada a ninguém mas aceita emprestado de outros;
  •  Luxúria (luxuria) - o prazer corporal e material a qualquer custo e de forma egoísta. O cidadão em questão quer ter prazer, principalmente sexual, e não mede esforços para consegui-lo. Também não se importa com os outros. Este pecado está intimamente ligado aos pecados acima e à gula, já que é através dele que o cidadão obtém prazer;
  •  Inveja (invidia) - O invejoso não se contenta e nem se conforma com o que tem por melhor que seja. Ele inveja seu semelhante. Podemos dizer que o invejoso é um eterno infeliz;
  •  Gula (gula) - Comer, comer, comer. Viver para comer e não comer para viver. Este é o pensamento do guloso. Repartir o pão não é com ele. Come escondido para que os outros não vejam o que está comendo e não peçam;
  •  Ira (ira) - Uma grande vontade de ferir alguém, machuca-lo, física ou psicologicamente, principalmente como forma de retaliação. Um pecado geralmente associado à vingança;
  •  Preguiça (arcidia) - Não devemos confundir aquele momento de preguiça que nos convida a um cochilo num domingo de calor após um almoço delicioso com o pecado da preguiça. O sujeito que pratica este pecado não quer saber de fazer nada. Sua mente trabalha com um único propósito: o de permitir que seu corpo permaneça num eterno descanso. Ele não só desiste de qualquer empreitada como incita aqueles que conhece a não realizar nada.

Em 1589 um demonologista, teólogo e padre alemão chamado Peter Binsfeld associou cada um dos pecados capitais a um demônio:
Soberba associada à Lúcifer


Avareza associada à Mammon


Luxúria associada à Asmodeus


Inveja associada à Leviathan


Gula associada à Belzebú


Ira associada à Satanás / Azazel


Preguiça associada à Belphegor


Precisa dizer mais alguma coisa????

Chanté!!!!


quarta-feira, 18 de novembro de 2015

AS 10 REVISTAS MAIS LIDAS DO MUNDO

O site americano reading tree (www. readingtree.org)publicou em 2013 uma lista das revistas com maior circulação nos Estados Unidos. Você vai se surpreender com os resultados:

10o lugar - Revista People (tiragem semanal de 3,5 milhões de exemplares;

9o lugar - Revista Family Circle (15 publicações por ano num total de 3,8 milhões de exemplares por tiragem;
8o lugar - Revista National Geographic (circulação mensal)publicada pela primeira vez em 1888 é vendida em 36 idiomas diferentes com tiragem de 4,88 milhões de exemplares e vários prêmios jornalísticos;

7o lugar - Good Housekeeping (Boa Dona de Casa) publicada pela primeira vez em 1885 tem uma tiragem mensal atual de 4,3 milhões de exemplares. Entre os colaboradores da revista estiveram nomes de peso como Somerset Maugham e Virgínia Wolf;
6o lugar - Reader's Digest (Resumo do Leitor) com uma publicação mensal de 10,5 milhões de exemplares mensais distribuídos para 70 países em 26 línguas diferentes;

5o lugar - Better Homes & Gardens (Melhores Lares e Jardins) desde 1922 com uma publicação mensal de 7,6 milhões de exemplares;
4o lugar - Game Informer, revista especializada em jogos para vídeo games e computadores com uma tiragem mensal de 8,1 milhões de exemplares;

3o lugar - Revista AARP (Associação Americana de Aposentados)revista sobre estilo de vida do homem americano de meia-idade com uma tiragem bimensal de 22,5 milhões de exemplares;
2o lugar - Despertai (Revista da Igreja das Testemunhas de Jeová)é publicada desde 1919 e hoje conta com uma tiragem de 43,5 milhões de cópias em 99 línguas diferentes;

1o lugar - A Sentinela (Revista da Igreja das Testemunhas de Jeová) publicada desde 1879 pela Associação Torre de Vigia conta hoje com 45 milhões de exemplares falando 209 línguas diferentes e é considerada a maior publicação do Planeta.


E no Brasil?

Compare e reflita:

1º. Veja – 1,1 milhão de exemplares/semana
2º. Época – 417.798
3º. Isto É – 344.273
4º. Caras – 279.458
5º. Viva Mais – 167.723
6º. Ana Maria – 167.419
7º. Contigo – 139.115
8º. Tititi – 122.601
9º. Minha novela – 98.859
10º. Malu – 93.982

Podemos concluir que:
a- A revista mais lida no mundo é uma revista que fala de religião;
b- Quatro revistas de fofocas e amenidades são as mais lidas nos Estados Unidos enquanto no Brasil sete revistas mais lidas nas bancas falam da vida alheia e futilidades diversas;
c- Americanos e brasileiros leem mal e sua cultura vai regredindo cada vez mais com o passar dos anos;
d- A revista Veja considerada elitista e tendenciosa por muitos, sozinha, tem quase o dobro de exemplares das rivais Época e Isto É e isto se explica pelo convênio firmado pelo Governador Alckmin para fornecer esta publicação nas escolas.

Boa reflexão. 

Santé!!!
 

domingo, 1 de novembro de 2015

SÓ OS FORTES (E MAIS PREPARADOS) SOBREVIVEM

PERDIDO EM MARTE

O ser humano é o único ser vivente do planeta Terra capaz de sobreviver em qualquer ambiente, não importando se este ambiente lhe é hostil ou não.
Baseado nesta premissa o cineasta americano Ridley Scott (consagrado por  obras primas como Blade Runner O Caçador de Androides, 1492 A Conquista do Paraíso, Alien O 8o Passageiro e Prometeus) dirigiu o filme Perdido em Marte (The Martian) em cartaz nos cinemas. Na trama o botânico da NASA Mark Watney (interpretado pelo ator Matt Damon), integrante de uma missão ao planeta vermelho, sofre um acidente durante uma tempestade e é dado como morto e deixado para trás pelos seus colegas de equipe.
Sozinho e com uma ração de comida insuficiente para aguardar a próxima missão (que retornaria a Marte somente quatro anos depois), ele é obrigado a usar seus conhecimentos de botânico e também os conhecimentos de seus colegas para poder sobreviver num ambiente tão inóspito.

 O astronauta Mark Watney experimenta os sucessos e fracassos de sua empreitada na busca pela sobrevivência. Queima hidrogênio para transformar em água, usa suas fezes e a dos colegas como adubo para plantar e em poucos metros quadrados de terreno cuidadosamente preparado cria uma mini-fazenda de batatas o que aumenta sua expectativa de vida. Consegue restabelecer contato com a Terra e, enquanto a NASA prepara uma missão de resgate ele tenta descobrir uma maneira de chegar ao ponto de resgate distante mais de três mil quilômetros da segurança de sua base.

 A principal mensagem embutida no filme é a de que podemos realizar feitos notáveis quando dispomos de conhecimento e motivação. Mark Watney poderia ter toda a vontade de sobreviver e voltar para casa, mas sem conhecimento ele jamais sairia do lugar. Seria apenas um cão correndo atrás do próprio rabo. Ele também poderia ter todo o conhecimento do mundo mas sem motivação (a vontade de sobreviver e voltar), continuaria preso ao conforto de seu provisório lar simplesmente aguardando que uma alma caridosa o resgatasse. Assim foi Mark. Assim devemos ser todos nós. 
Chanté!!!! 

sábado, 31 de outubro de 2015

AS ARANHAS FRITAS DO CAMBOJA

A IGUARIA QUE NASCEU DA FOME

 

Durante o domínio e controle do Khmer Vermelho no Camboja, as pessoas passavam fome com a política de engenharia social instituída por Pol Pot e seus asseclas.
Por outro lado, o clima e as florestas tropicais da região favoreciam a proliferação de uma espécie de aranha parecida com a nossa caranguejeira que chega a ter o tamanho da palma da mão de um homem adulto.
 
Estas aranhas vivem em tocas feitas no solo e seu veneno é inofensivo ao ser humano deixando de ser uma toxina quando são colocadas em óleo fervente.

Na cidade cambojana de Skuon (Cheung Prey, na província de Kampong Cham) as aranhas fritas são uma iguaria para os locais e, principalmente, os turistas onde são degustadas com sal e pimenta.

  Qual o sabor?!?! Só experimentando. Mas os cambojanos garantem que é uma delícia!






Santé!!!